Dez Hábitos Que Fazem Engordar

Para quem quer perder peso, alimentação saudável e exercício físico nem sempre são suficientes. Para obter resultados satisfatórios há que ir mais além e mudar pequenos hábitos. Damos-lhe a conhecer dez hábitos que fazem engordar e algumas sugestões de como os alterar e sair vencedor na sua luta conta os quilos a mais.

Beber bebidas light: muita gente pensa que substituir os refrigerantes habituais pelos light, diet ou 0% pode impedir de ganhar quilos a mais. Nada mais errado! É certo que a maioria tem menos calorias, mas a tendência é consumir ainda mais por acharmos que “não faz tanto mal” ou que “não engorda”, acabando por engordar ainda mais.Dez Hábitos Que Fazem Engordar

Comer em pratos grandes: É um hábito português encher o prato, acabando por ser um problema para quem quer perder peso. Lembre-se que, quanto maior o prato, mais comida necessita para o encher. Coma em pratos mais pequenos que, mesmo estando cheios, levam menos comida que os grandes.. Aqui também se aplica a velha expressão “os olhos também comem”, e o que os seus olhos veem é um prato cheio que lhe proporciona uma sensação de saciedade.

Comer em frente à televisão ou computador: o estômago envia ao cérebro sinais de saciedade. Mas se o cérebro estiver “distraído” em frente à televisão, não processa essa informação. Estudos revelam que tendemos a comer 15% quando estamos distraídos com a televisão ou computador.

Passar muito tempo em casa: quando se está em casa, principalmente entediado ou aborrecido, a tendência é ir ao frigorífico. Entre uma e outra vez, no final do dia, a juntar à pouca atividade física, ingeriram-se centenas de calorias desnecessárias, sem mencionar os açúcares e gordura. Meta junto de si uma garrafa de água e vá bebendo ao longo do dia, principalmente nos momentos em que se sente tentado a petiscar.

Demasiada cafeína: além de ser estimulante, aos seus dois ou três cafés diários junta-se igual quantidade de pacotinhos de açúcar. A situação piora para os adeptos de cappuccinos, frappuccinos e semelhantes, pois alguns têm quase 500 calorias, com a agravante de, por serem líquidos, não saciam.

Saltar refeições: muita gente não toma o pequeno almoço com o intuito de ingerir menos calorias. É um hábito pouco saudável: depois de uma noite inteira sem comer, o corpo precisa de se abastecer. Além disso, provavelmente ao almoço vai ter tanta fome que comerá ainda mais, ingerindo as calorias que “poupou” de manhã. Isto serve para qualquer refeição. O ideal é fazer refeições equilibradas e moderadas, mas não saltar nenhuma.

Stresse permanente: é certo que o stresse faz parte do dia a dia, mas quando se torna permanente ou em níveis muito elevados, provoca alterações hormonais, físicas e emocionais, que muitas vezes aumentam a vontade de comer.

Comer muito rápido: o estômago demora cerca de 20 minutos a enviar ao cérebro os já mencionados sinais de saciedade. Quando se come demasiado rápido, acaba por se ingerir mais do que o necessário antes de o cérebro receber os sinais.

Não fazer refeições em casa: num restaurante, em casa de amigos ou no café perto do trabalho, é certo que quando se come fora de casa se tende a comer menos saudável e em maiores quantidades. Se não quer abdicar de refeições fora, opte por meias doses no restaurante e substitua a sandes e o refrigerante que compra no café por uma salada e uma garrafa de água.

Dormir pouco: quem dorme menos que o necessário, tem tendência a aumentar a produção de grelina (hormona que estimula o apetite) e a diminuir a produção de leptina (supressor de apetite), tendendo por isso a ter mais vontade de comer.

Faça o seu comentário

Powered by WordPress | Designed by: best suv | Thanks to trucks, infiniti suv and toyota suv