Como Tratar a Pele Queimada pelo Sol

 

Quando se fala em exposição ao sol, todas sabemos que as palavras chave são moderação e prevenção. Mas como por vezes surgem imprevistos, seja por descuido ou por alguma teimosia, há que saber também como superá-los. Passou demasiado tempo ao sol e tem a pele toda vermelha: o que fazer? Fique a saber como tratar a pele queimada pelo sol.Como Tratar a Pele Queimada pelo Sol

Hidratação é fundamental

Depois de um banho de imersão com água tépida (ou preferencialmente fria, se conseguir) há que hidratar. A baixa temperatura da água acalma o calor da pele e a loção pós-solar encarrega-se da hidratação. No mercado existem também géis refrescantes para o corpo. Loções, géis e cremes, todas as opções são válidas desde que sejam à base de água e ricos em menta, aloé vera ou calamina. Os cremes com vitamina E são uma boa opção por serem antienvelhecimento, assim como os compostos por vitamina A, com propriedades anti-inflamatórias. No rosto pode usar compressas de chá de camomila que possui também propriedades calmantes. A hidratação acalma a sensação de mal-estar e de calor e ajudá-la-á a passar esta fase de forma menos incómoda. Não esqueça no entanto que a melhor hidratação é a que vem de dentro e por isso nos dias seguintes à sobre-exposição, beba ainda mais água do que o habitual. Pode também recorrer a sumos naturais ou a chás, o importante é hidratar-se. Veja aqui mais alguns cuidados a ter com a pele depois da praia.

O que não fazer quando a pele está queimada

Algumas pessoas têm crenças erradas sobre as queimaduras solares e optam por soluções que tendem a piorar o problema. Evite banhos quentes, pois não acalmam a pele e deixam-na ainda mais seca. Não use álcool nem pasta de dentes, pois embora proporcionem uma sensação inicial de frescura, apenas irritam ainda mais a pele. Se usar sabonete, use os que têm um parte de creme hidratante, de forma a não tornar a pele ainda mais seca. Não esfolie a pele, pois mesmo que esteja a escamar e o esfoliante possa acelerar o processo, a pele está muito sensível e esta ação pode inflamá-la e deixá-la ainda mais fragilizada. A esfoliação a acontecer, deve ser feita alguns dias antes da exposição ao sol, para eliminar células mortas e proporcionar um bronzeado bonito e uniforme. E por fim, não se exponha ao sol enquanto está com a pele queimada nem logo após a descamação. É um erro comum, pois a tendência e tentar recuperar o bronzeado e disfarçar as manchas, mas é muito prejudicial à pele.

A prevenção é o melhor remédio

Nunca é de mais relembrar que o uso do protetor solar é o melhor que faz por si. Porque os tratamentos aqui apresentados aliviam e ajudam a pele a recuperar, mas não são eficazes contra o cancro de pele nem contra o envelhecimento cutâneo. Se o mal já foi feito, prometa assim própria que tomará precauções e não se voltará a repetir, pois a verdade é que as consequências podem ser bastante graves.

Faça o seu comentário

Powered by WordPress | Designed by: best suv | Thanks to trucks, infiniti suv and toyota suv