Protetor solar: qual escolher

Em dias de calor intenso e de forte exposição ao sol, o principal aspeto a ter em conta é saber escolher um bom protetor solar que ofereça uma alta proteção contra os raios ultravioleta, tão prejudiciais à pele. Hoje em dias esta proteção encontra-se sobre diversas formas, desde sprays a cremes, e com características que se adaptam a cada tipo de pele. Com tanta variedade de protetores solares disponíveis no mercado, já ninguém tem desculpa para não se proteger.

Protetores físicos e protetores químicos

Os protetores físicos são o que não são absorvidos pela pele, mas que formam uma barreira e refletem a luz solar. São indicados para crianças ou pessoas com pele sensível pois, ao não penetrar na pele, diminui a possibilidade de alergia. Normalmente vêm sob a forma de creme e deixam a pele um pouco esbranquiçada.

No entanto, os mais utilizados são o protetores químicos, que são formados por substâncias orgânicas que penetram na pele e absorvem a radiação UV.

O ideal, normalmente, é a combinação dos dois tipos de filtro, e existem muitas marcas que disponibilizam protetores com essa caraterística e têm portanto um fator de proteção solar (FPS) mais elevado.

Proteção solar em creme, spray ou gel?

Cada uma destas opções oferece diferentes vantagens e desvantagens. Os protetores em creme têm um forte poder de hidratação, sendo indicados para peles secas. No entanto, são desaconselhados para o rosto e, no geral, para quem tenha pele oleosa ou tendência a acne. Já os protetores em gel tendem a ser menos oleosos, sendo ideais para pessoas com tendência a pele oleosa. No entanto, não são tão eficazes na proteção contra os raios UV devido à própria textura. Além disso, podem causar algum desconforto, pois alguns formam uma camada transparente e fina sobre a pele depois de secar. Os protetores em spray apresentam maior vantagem para os homens, uma vez que a aplicação em spray consegue passar a barreira dos pelos, possibilitando uma distribuição uniforme e proteção mais eficaz. No entanto, apesar de eficazes contra a radiação solar, exigem reaplicações mais frequentes devido à sua textura fluída.

Protetores para peles oleosas

Os protetores solares mais indicados para peles oleosas são os protetores oil free ou os não comedogénicos. Os oil free não possuem substâncias oleosas na sua composição e os não comedogénicos não obstruem os poros. Ambos são indicados para o rosto e para pessoas com pele oleosa ou com tendência acneica.

Protetores que não causam alergias

Se tem tendência a desenvolver reações alérgicas a cosméticos e outros produtos, procure um protetor solar que tenha inscrito “hipoalergénico”. Em protetores com esta caraterística, o risco de causar alergia é baixo, sendo por isso, ideais para crianças. Existem também alguns protetores que têm a inscrição PABA free, que significa não possuírem ácido aminobenzoico e seus derivados, que são responsáveis por alergias.

Vestuário com proteção solar

Pode parecer estranho, mas já existem mesmo roupas que protegem a pele dos raios solares. Misturando a poliamida com o dióxido de titânio, um protetor solar muito forte, estas roupas protegem a pele de até 98% dos raios solares.

Faça o seu comentário

Powered by WordPress | Designed by: best suv | Thanks to trucks, infiniti suv and toyota suv