Como Melhorar a Memória?

 

Com o passar do anos, é comum começar a ter-se algumas falhas de memória. Esquecer onde estão as chaves, não saber se desligou o fogão ou não se lembrar de uma data importante: já aconteceu a todos nós e acontece cada vez com mais frequência à medida que envelhecemos. Mas fique sabendo que estas falhas podem ser de certa forma controladas e uma boa memória pode ser mantida por mais anos – basta alterar pequenos hábitos no seu dia a dia.Como Melhorar a Memória?

Dicas simples para melhorar a memória

  • Fazer uma coisa de cada vez: é um erro comum querer fazer-se tudo ao mesmo tempo. No entanto ao tentar desempenhar várias tarefas em simultâneo, acaba por não conseguir concentrar-se verdadeiramente em nenhuma delas, levando a falhas na atenção e na memória. O mesmo sucede com a resolução de problemas: identifique quais são prioritários e foque-se nesses primeiramente.
  • Exercitar o cérebro: experimente desligar a televisão meia hora por dia e dedicar o seu tempo a exercitar o seu cérebro: palavras cruzadas, quebra-cabeças, sudoku. Estes jogos além de divertidos contribuem para uma melhoria da memória e da saúde do seu cérebro. Se quiser ir mais longe, use a imaginação: aprenda uma nova língua ou a tocar um instrumento musical, escreva com a mão que habitualmente não usa ou leia algumas páginas do dicionário.
  • Exercitar o corpo: até pode parecer que um cérebro saudável e sem lapsos de memórias nada tem a ver com um pouco de exercício físico, mas na verdade estão intimamente ligados. Ao praticar exercício, seja uma caminhada em passo rápido, uma aula de aeróbica ou uma hora a nadar, o sangue circula melhor e leva oxigénio e nutrientes até ao cérebro, mantendo-o saudável e ativo.
  • Descansar: o cansaço leva indubitavelmente a lapsos de memória. Por isso, durma oito horas por dia, de preferência sem telemóvel, computadores ou televisão por perto, para que o cérebro descanse em pleno. Tire férias de tempos a tempos e aproveite os fins de semana para relaxar e fazer pequenas sestas.
  • Evitar maus hábitos: o álcool e o tabaco são grandes inimigos de um cérebro saudável e contribuem a longo prazo para a perda de memória. Mantenha-se longe deste vícios e aposte numa alimentação saudável, rica em peixe, frutos vermelhos, nozes, sumo de laranja e até chocolate negro (com moderação) – estes alimentos ajudam a manter o tecido cerebral saudável e melhoram a memória e concentração.
  • Evitar stresse e tratar depressão: quadros de stresse excessivo, depressão ou raiva exigem muito do cérebro e acabam por afetar a memória. Se acha que pode sofrer de algum destes problemas e que além disso pode estar a afetar a sua memória, aconselhe-se com o seu médico.
  • Mudar o sítio das coisas: esta técnica muito simples é um ótimo aliado para não se esquecer de nada. Mude o relógio para o outro pulso ou um anel noutro dedo, ou mesmo o sítio habitual de um objeto de casa – desta forma cada vez que reparar na mudança vai associá-la ao que não se deve esquecer.

Faça o seu comentário

Powered by WordPress | Designed by: best suv | Thanks to trucks, infiniti suv and toyota suv