Os melhores tratamentos para alisar o cabelo

O cabelo liso está sempre na moda. Se não quer passar horas a esticar o cabelo com o secador, ou a usar um spray ou a prancha, descubra os melhores tipos de tratamentos para alisar o cabelo e a forma como devem ser aplicados.

Ter um cabelo liso é o sonho de muitas mulheres. Sedoso e fácil de pentear, é um descanso nas atarefadas manhãs após o banho. Mas nem todas as mulheres nascem com um cabelo totalmente liso o que as leva a procurar os salões de beleza na esperança de domar os fios e transformar o visual.

Tipos de tratamentos para alisar o cabelo

tipos de alisamento portugal

Hoje em dia, são vários os tratamentos químicos para alisar o cabelo de longa duração, mesmo no caso dos cabelos mais crespos. Conhece as diferenças entre eles? Confira as especificações técnicas dos vários tratamentos, os  preços e escolha o que melhor se adapta ao seu cabelo.

Escova progressiva

A escova progressiva promete a redução do volume e o alisamento dos fios cuja eficácia vai, conforme o nome indica, progressivamente aumentando conforme o número de tratamentos que realizar. No entanto é necessário perceber as diferenças entre este alisamento e os definitivos para que não saia desiludida do salão. No caso da escova progressiva, caso tenha um cabelo muito encaracolado, o tratamento inicial vai apenas ajudar a dominar as ondas e a obter um cabelo menos volumoso e controlado.

O princípio activo dos tratamentos presentes há mais tempo nos salões é o formol, embora em quantidades reduzidas e seguras para a saúde. Porém, por ser uma substância que representa alguns perigos e efeitos colaterais, hoje em dia a maior parte dos produtos alisantes usados nos tratamentos empregam substâncias alternativas como é o caso do tioglicolato de amónia e a etalonamina. Embora a escova progressiva reduza substancialmente o volume, não obterá um efeito totalmente liso após a primeira aplicação. Contudo, o tratamento pode ser repetido a cada 3 meses. Estre tratamento custa cerca de 150 euros.

Escova definitiva

A escova definitiva promete resultados mais notórios e duradouros dada a intensidade do tratamento. Ela também é conhecida por escova japonesa ou permanente e tem um efeito definitivo. Ao contrário das escovas progressivas, o efeito não sai com as lavagens, pelo que a necessidade de retoque só é visível após o crescimento do cabelo. A química envolvida (tioglicolato, guanidina ou hidróxido de sódio ou lítio) é mais profunda chegando à estrutura interna dos fios que podem assim ser moldados conforme o pretendido.

A sua performance é mais notória nos cabelos muito encaracolados embora sejam necessários retoques mal o cabelo comece a crescer por haver demasiado contraste entre a raiz e o restante cabelo. Nos cabelos ondulados essa diferença levará mais tempo a ser perceptível. Porém, deverá ser usada em cabelos saudáveis após em teste às reacções alérgicas. Cabelos pintados ou com outros tratamentos químicos não deverão sofrer este tipo de tratamento para alisar o cabelo.

Alisamento a laser

O alisamento a laser é um tratamento que potencia o efeito alisante dos químicos e tem uma duração que poderá ultrapassar os 8 meses. No entanto deve ter especial cuidado e realizar o procedimento num salão especializado pois quando mal executado pode levar à quebra dos fios e a danos irreversíveis permanentes.

Este tipo de alisamento deve ser realizado em cabelos saudáveis e carece de cuidados após a execução com recurso a hidratações frequentes e até mesmo reconstruções capilares.

Alisamento Japonês

Este tipo de alisamento é um dos que apresentam melhores resultados, deixando o cabelo totalmente liso e brilhante. O tratamento consiste na aplicação de produtos quimicos combinados com o efeito térmico da chapa, a altas temperaturas, que alisa o cabelo desde a raiz às pontas. O processo dura cerca de quatro horas.

A grande desvantagem deste alisamento quimico é o facto de alterar a estrutura da queratina capilar. Não é adequado para cabelos finos, frágeis ou sensíveis porque podem ficar danificados. A duração do tratamento pode ir até 1 ano no caso de cabelos lisos, e 6 meses para cabelos frisados, ondulados e encaracolados.

O preço do alisamento japonês ronda os 300 a 400 euros e a maioria das mulheres fica satisfeita com os resultados, no entanto esta técnica requer um cabeleireiro experiente e qualificado, especializado neste tipo de alisamento.

Escova marroquina

Este tipo de alisamento é simples e prático e não carece de cuidados especiais após realizado. Ao passo que alguns alisamentos exigem que a pessoa não lave ou prenda o cabelo nos dias posteriores, com a escova marroquina poderá faze-lo assim que o desejar.

Ela ainda promete um cabelo mais brilhante e hidratado embora a duração média não ultrapasse em regra 3 meses. No entanto, este tipo de escova promete não só alisar os fios como deixar o cabelo mais brilhante e hidratado.

Como cuidar do cabelo após o tratamento

Depois de fazer o tratamento de alisamento deve seguir os conselhos do seu cabeleireiro. Nos cuidados diários em casa, use champô sem sulfatos, e nutra-o profundamente com máscaras e cremes calmantes e evite a prancha durante os próximos meses.

Qualquer que seja o tipo de tratamento para alisar o cabelo que decida escolher, certifique-se que o salão de beleza seja devidamente credenciado para fazer o alisamento que pretende e se este é o mais adequado para o seu tipo de cabelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.