Dez dicas que ajudam a cortar o açúcar da alimentação

Cortar o açúcar da alimentação pode ser um desafio dificil de conseguir, porque este ingrediente está presente em todo o lado. Sem nos apercebermos acabamos por consumir uma quantidade exorbitante todos os dias, quantidade esta que poderá acarretar inúmeros problemas, tanto para os quilos a mais na balança como para a nossa saúde. Acredite que o açúcar é tão viciante como uma droga e os seus malefícios para a nossa saúde são bastantes.

Dez dicas que ajudam a cortar o açúcar da alimentação

Como cortar o açúcar da alimentação

Já pensou na quantidade de açúcar que consome diariamente? Entre bolachas, doces, sumos e muitos outros alimentos sabia que cada pessoa consome uma média de 63 kg de açúcar durante um ano? Um número assustador, contudo, apesar do consumo excessivo de açúcar ser um dos hábitos mais difíceis de mudar, não é de todo impossível, pois uma simples mudança pode fazer toda a diferença. Para isso damos-lhe algumas dicas de como cortar o açúcar da alimentação.

1. Procure alimentos com menos quantidade de açúcar

Esta é talvez das regras mais importantes, sempre que comprar um produto tenha atenção à quantidade de açúcar presente no mesmo. Prefira alimentos cuja quantidade por porção seja inferior a 9 g. Não se assuste na hora de fazer as escolhas, pois vai verificar que terá de excluir alguns produtos que aparentemente até pareciam saudáveis.

2. Leia os rótulos dos alimentos

Saiba como reconhecer fontes de açúcar escondidas! O açúcar de mesa normal, a chamada sacarose, pode ter muitos nomes, como frutose, xarope de milho, glicose, dextrose, maltose, melaço, lactose, xarope de açúcar ou matrodextrina – todos esses termos representam açúcares. Por isso leia os rótulos e descubra estes açúcares escondidos. Esqueça os rótulos bonitos, esqueça as frases sem açúcar, magro e pouco calórico, pois por vezes estas frases camuflam alimentos repletos de açúcares. Dispense um pouco do seu tempo e leia os ingredientes dos produtos e comece a reduzir o consumo de açúcar.

3. Evite açúcares muito processados

Opte por açúcares menos processados, prefira açúcares que lhe deem algo benéfico como minerais e vitaminas. Deixe o açúcar branco de lado e prefira alimentos que contenham na sua composição mel, açúcar de cocô, xilitol ou estévia, estes serão muito mais benéficos para si. Se gosta de cozinhar e não resiste a um bolinho, pode também substituir o açúcar por tâmaras, passas ou até banana, assim vai conseguir um bolo super saudável e delicioso.

4. Corte nos alimentos com farinha branca

Os alimentos processados com farinha branca são geralmente metabolizados rapidamente, provocando o aumento rápido dos níveis de insulina. Isto porque os amidos, próprios da farinha branca, quando ingeridos, são transformados em energia na forma de açúcar. Se reduzir da sua alimentação os alimentos elaborados com farinha branca, estará também a cortar no açúcar o que também ajuda a perder alguns quilos extras.

5. Não consuma produtos sem calorias

Alimentos sem calorias são talvez dos produtos que mais pessoas adoram, pois associam os mesmos a alimentos diet ou seja, associam que o seu consumo não promove o aumento do peso. Contudo estes alimentos podem por vezes conter uma quantidade enorme de açúcar, logo pode ser baixo em calorias, mas o açúcar que ele contém não é de todo benéfico para a nossa saúde. Por isso esqueça tudo o que for zero calorias.

6. Evite bebidas ricas em açúcar

Se quer cortar o açúcar da sua alimentação de forma radical, comece por abolir do seu dia-a-dia tudo o que sejam refrigerantes, sumos de fruta processados, bebidas alcoólicas e até mesmo bebidas desportivas, pois todas estas bebidas não são nada mais nada menos do que bombas repletas de açúcar. Os refrigerantes fazem mal, para ter uma ideia, uma garrafa grande de cola contém 53 cubos de açúcar. Desta forma opte pela bebida que mais benefícios traz para a nossa saúde, a água e ainda os chás de ervas.

7. Atenção aos produtos em cujo rotulo contenha “sem gordura”

Aparentemente seriam ótimos para a nossa saúde, pois são baixos em gorduras, porém aquilo que algumas pessoas não sabem é que a gordura é responsável por tornar os produtos saborosos, logo se retiramos a gordura teremos de compensar com um ingrediente que torne esse alimento delicioso. Esse ingrediente é nada mais nada menos que o açúcar, logo todos os produtos que se identifiquem sem gordura, geralmente são produtos repletos de açúcar.

8. Cuidado com os produtos lácteos

Os produtos lácteos, como muitos  iogurtes de frutas contém cerca 8 cubos de açúcar. Muitos destes iogurtes que apelam ser probióticos e que fortalecem as defesas ou que ajudam na digestão, contêm cerca de 4 a 5 cubos de açúcar. O melhor é optar por iogurtes naturais. Verifique a informação nutricional e escolha opções sem açúcar como iogurte natural, iogurte de soja, kefir ou iogurte grego. Em casa junte fruta fresca aos pedacinhos.

9. Evite alimentos demasiado processados

Lembre-se sempre, todos os alimentos que são demasiado processados têm sempre um teor de açúcar muito mais elevado, como já foi referido acima, nomeadamente os produtos feitos com farinhas brancas, que além disso contêm açúcares adicionados. Deste modo deve consumir com moderação alimentos ricos em hidratos de carbono.

10. Opte por fruta

Na hora do desejo por algo mais doce, prefira o consumo de frutas, pois estas irão satisfazer o seu desejo por algo mais doce e o seu consumo traz muito mais benefícios para o seu organismo do que o açúcar. A fruta é também a melhor opção de sobremesa em vez dos tipicos doces depois das refeições.

Evite situações de stress

A fome emocional que muitas vezes sentimos não deve ser confundida com a fome verdadeira. O stress e um estilo de vida agitado são grandes responsáveis deste tipo de fome que nos leva a desejar alimentos doces. Se vivermos constantemente em stress é quase impossível cortar o açúcar da alimentação, porque a vida agitada faz aumentar o desejo pelos alimentos doces. Até mesmo um simples desequilíbrio hormonal pode levar ao seu consumo em excesso. Deste modo procure diminuir o stress da sua vida e verá que conseguirá controlar muito mais a fome emocional.

Cortar o açúcar da alimentação não é impossível, a questão está em encontrar um equilibrio no dia a dia, reduzindo o seu consumo a um mínimo. Desta forma, vai habituar o seu paladar a apreciar os sabores naturais dos alimentos. A sua silhueta mas também a sua saúde agradecem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *