Como combater a celulite

A celulite é um fenómeno tipicamente feminino que afecta cerca de 90% das mulheres. Qualquer mulher, seja delgada ou gorda, pode-se ver afetada por este problema inestético. A boa notícia é que existem tratamentos que podem combater a celulite de forma eficaz.

Como combater a celulite

O que é a celulite?

A celulite consiste numa infiltração de gordura e toxinas nos tecidos sub-cutâneos que se localiza em determinadas partes do corpo. As pernas e nádegas são as mais afectadas, mas também pode ser localizada na barriga e braços. A celulite provoca uma ondulação pequena na superfície da pele, tornando-a irregular. Esta alteração cutânea juntamente com alterações na circulação sanguínea, alterações hormonais, excesso de peso, tendência para retenção de líquidos, entre outras causas, traduz-se pelo aspecto “casca de laranja” que tanto atormenta as mulheres.

Como acabar com a celulite

Para combater esse grande inimigo da estética feminina, recorremos a diversos e produtos anti-celulíticos que nem sempre nos trazem o resultado desejado, principalmente se o problema encontra-se em estado mais avançado. Surge-nos então a inevitável questão: como livrar-se da celulite de forma saudável, rápida e eficaz? O segredo para o tratamento está na combinação de três factores: alimentação saudável, exercício físico e a aplicação de técnicas avançadas para combater a celulite.

Tipos de celulite e tratamentos adequados

Existem três tipos de celulite que dependem da zona do corpo onde se localizam ou de cada caso em particular, podendo ocorrer os diferentes tipos de celulite na mesma pessoa. Vejamos os vários tipos de celulite e os tratamentos mais adequados para cada um deles.

Celulite edematosa

Estado inicial em que predomina a retenção de líquidos. Ao beliscar a pele surgem ondulações e covinhas e pode provocar alguma dor. Localiza-se geralmente ao longo de toda a perna. As pernas incham e aumentam de volume. Pode originar varizes senão tratada adequadamente. Tratmento: cremes reafirmantes com substâncias drenantes que estimulem a circulação linfática, massagens suaves e algum exercício físico como correr, por exemplo.

Celulite hipertrófica dura

Instala-se na lateral das coxas, podendo aparecer no ab­dómen e braços. A pele torna-se compacta, dura e difícil de belis­car. Dói quando se aperta e facilmente aparecem nódoas negras. Normalmente, afecta as mulheres jovens. Tratamento: produtos antice­lulíticos para fins redutores como a carnitina, a cafeína e o extracto de alcachofra, que atuam eficazmente; massagens mecânicas, duches de jactos, drenagem, caminhadas e natação.

Celulite mole

Aparece principalmente nas coxas, ancas e glúteos. As zonas afectadas mudam de forma quando se aperta ou consoante a posição do corpo. Geralmente, está associada a problemas circula­tórios, fadiga ou dores musculares. Mulheres de meia-idade são as mais afectadas. Tratamento: cremes anti-celulíticos com substâncias drenantes, à base de proteínas e vitaminas, e cremes reafirmantes que tonificam e alisam a pele; exercício físico; balneoterapia e massagens.

Técnicas para combater a celulite

A Mesoterapia, a Endermologia LPG ou a drenagem linfática são técnicas não invasivas utilizadas nos centros de beleza para combater a celulite, e, embora sejam muito eficazes, a ciência está em constante avanço e cada vez surgem novos tratamentos corporais que podem, não só combater a celulite, mas também por fim a todo o tipo de problemas estético, como retenção de líquidos, volume e flacidez. Novos aparelhos vão surgindo, cada vez mais especializados e que apresentam benefícios estéticos com excelentes resultados, sobretudo quando combinados com outros tratamentos. A luz LED, a carboxiterapia, a radiofrequência cyclone, a pressoterapia, são alguns dos tratamentos que permitem a redução da celulite.

Quando começa a ver resultados?

Os tratamentos contra a celulite realizam-se através de várias sessões dependendo de cada pessoa e os problemas a ela associadas, por isso, é fundamental extremar os cuidados enquanto estiver a fazer algum tratamento. Uma dieta adequada e um pouco de exercício físico vão ajudar a potenciar os efeitos dos tratamentos. Os resultados começam a ser vistos logo após as primeiras sessões. E, depois de finalizada as sessões que requer cada técnica, devem ser feitas algumas sessões de reforço de forma esporádica, porque a celulite é uma doença crónica, e, é normal que possa voltar a aparecer se não forem tomados os devidos cuidados.

Como prevenir a celulite?

O melhor tratamento para o aspecto “casca de laranja” da sua pela é a prevenção que começa pela prática de uma alimentação saudável. Para prevenir a celulite evite os alimentos ricos em cafeína, álcool e açúcar, bebidas gaseificadas e alimentos gordos. Evite sobretudo os dois principais inimigos da celulite: o açúcar e o álcool. O consumo de açúcar aumentou consideravelmente nas últimas décadas, sendo um dos alimentos que mais tem contribuido para o aumento da celulite entre as mulheres. O açúcar, não só leva à formação de gordura, mas também é prejudicial para o corpo, uma vez que enfraquece as células do tecido conjuntivo e conduz à inflamação.

O inimigo número 2 na luta contra a celulite é o álcool, não só por ser calórico, mas também contém substâncias tóxicas que alteram a estrutura da pele. O álcool é um ladrão da vitamina C, que se ingere com a alimentação. A vitamina C é importante para dar firmeza aos tecidos da pele. Os efeitos do cálcio e do zinco são também reduzidos pelo consumo do álcool. A celulite é ainda favorecida pelo fast food, farinha branca, doces e alimentos gordurosos.

Para prevenir a celulite opte por uma dieta à base de fruta e legumes, aves, peixe e carnes magras. Inclua na sua alimentação os cereais integrais, pois diminuem absorção de gorduras e ajudam a regular os intestinos. Beba pelo menos um litro e meio de água por dia, já que ajuda a eliminar toxinas e a prevenir a retenção de líquidos.

Não se esqueça de aliar a uma alimentação saudável, a prática regular de exercício físico. Faça várias vezes por semana uma auto massagem para combater a celulite. O sedentarismo é outro grande inimigo a combater, pois é uma das maiores causas da celulite. Opte por fazer caminhadas, corrida ou frequente um ginásio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *