Renovar a pele por meio da esfoliação

A esfoliação é um gesto essencial para que tenha uma pele linda, saudável e macia. Este é um passo que embora seja muito importante, é ignorado por algumas pessoas, o que se traduz numa pele baça e sem vida. Ao esfoliar o rosto estará a ajudar à sua pele a se regenerar, fazendo com que pareça mais luminosa e bonita.

Manter a pele do rosto em perfeitas condições, exige uma rotina diária de cuidados, limpeza e hidratação, mas além disso, uma vez por semana a utilização de um produto esfoliante é outro hábito que deve adotar. Se quer saber isso e muito mais, continue a ler este artigo e fique a saber o que é a esfoliação e o que este gesto de beleza representa para a sua pele.

Esfoliação – O que é?

Esfoliação – O que é?

A esfoliação da pele é o processo através do qual se dá a remoção das células mortas deixando assim os seus poros respirarem. Poros obstruídos provocam borbulhas, pontos negros e oleosidade. Ou seja, tudo aquilo que queremos evitar.

Para além disso, esfoliar a pele favorece a circulação sanguínea o que vai ajudar a uma melhor absorção dos produtos que depois são aplicados, como cremes hidratantes, sérum ou outro tratamento de beleza. Por isso, esfolie primeiro a sua pele e só depois aplique o creme hidratante ou outros tratamentos.

Também convém saber que existe diferentes tipos de esfoliação, neste artigo falamos da esfoliação física ou mecânica, porque é realizada através de massagens aquando da aplicação do esfoliante no rosto ou no corpo. No entanto existe um tipo de esfoliação que chega às camadas mais profundas da pele e tem um efeito muito rejuvenecedor, clareia manchas, e minimiza as pequenas rugas é a esfoliação química.

Como são os esfoliantes

Os esfoliantes podem ter a textura em gel, creme, emulsão ou loção, também existem em barra como o sabonete esfoliante, e contêm pequenos grânulos à base de sais, microesferas sintéticas ou sementes trituradas. Devem ser aplicados no rosto ou corpo através de massagens e movimentos repetitivos, mas sauves. Existem diferentes tamanhos de grânulos, e também esfoliantes mais suaves e abrasivos que devem ser adequados aos diferentes tipos de pele.

Quem tem a pele sensível deve escolher um esfoliante delicado com grânulos suaves e propriedades calmantes. Assim sendo, os esfoliantes vão ajudar a eliminar as células mortas da camada superficial da pele, esta renova-se e está mais receptiva para absorver melhor os produtos que se aplicam depois.

São muitos os esfoliantes que existem no mercado, mas outra opção é fazer o seu esfoliante caseiro para o rosto e corpo, existe muitas receitas com ingredientes naturais, os grânulos – as pequenas particulas –  são substituidos pelo açúcar ou sal e até mesmo os flocos de aveia, levam também óleo, mel e outros ingredientes que possa ter em casa.

Como deve esfoliar a pele

A esfoliação pode ser feita em todo o corpo, tanto na cara, como nas pernas, braços e outras zonas. No entanto, o produto esfoliante deve variar consoante a zona em questão. Por exemplo, a pele da cara é mais sensível do que a dos joelhos, por isso as necessidades de cada uma são diferentes. Os esfoliantes para a cara têm grânulos mais macios e delicados, por outro lado, os grânulos dos esfoliantes do corpo são mais ásperos.

Como esfoliar a pele do rosto

Para esfoliar a pele do rosto, deve primeiro limpar bem o rosto, este deve estar livre de impurezas, depois então o esfoliante é aplicado na pele previamente molhada com um pouco de água (é importante que a pele esteja húmida, a esfoliação na pele seca causa irritações).

Depois comece o processo de esfoliação na cara que deve ser feito com com as pontas dos dedos em movimentos suaves e circulares em toda a área que pretende esfoliar, durante cerca de 1 minuto, mas evite o contorno dos olhos.   Não é necessário ir mais além deste tempo, porque as células mortas são logo removidas graças aos grânulos que contêm o produto. Depois enxague com água morna (não quente) para remover o produto, seque a pele e agora aproveite para passar o creme hidratante ou outro tratamento de beleza.

Como esfoliar a pele do corpo

O melhor momento para fazer a esfoliação do corpo é durante o duche. Uma vez que a água morna ajuda a abrir os poros, fazendo com que o esfoliante tenha uma ação mais eficaz. O dia anterior à depilação é o dia ideal para esfoliar as suas pernas. Dessa forma ajuda não só a desencravar os pêlos, como também a desimpedir os poros. Assim, a depilação será mais eficaz e o crescimento dos pêlos mais lento.

No momento do banho, a esfoliação corporal é feita aplicando o produto com massagens ascendentes (de baixo para cima) desde os pés até às pernas, desde as mãs subindo pelos braços até aos ombros e circulares na zona da barriga, coxas e nádegas, as áreas sensíveis como o peito, com muito cuidado. Retire o produto com um duche quente e termine com água fria para tonificar.

Quantas vezes por semana deve esfoliar a pele

Normalmente é preciso esfoliar a pele 1 ou 2 vezes por semana, mas a frequência com que deve ser feita depende do seu tipo de pele e da zona em questão. As peles oleosas devem ser esfoliadas num intervalo de sete a dez dias. As peles secas já pedem um período maior de quinze dias. No que toca às peles normais, o período de espaço entre esfoliações pode ser bem superior a quinze dias. Quanto às peles mistas, faça a esfoliação assim que notar brilho e oleosidade em excesso.

Como conseguir uma esfoliação perfeita

Quando notar que tem a pele baça e sem brilho, é o melhor momento para fazer a esfoliação, mas nunca faça se tem a pele irritada, queimada pelo sol ou depois de um peeling químico, ou tratamento com laser ou feridas. Não combine no tratamento esfoliante com outros tipos de produtos de efeito abrasivo, como cremes com AHA ou retinol, porque iría causar irritações na pele.

Para esfoliar cada parte do corpo utilize um esfoliante específico, para a esfoliação do rosto, o esfoliante deve conter grânulos mais macios e menos abrasivos. Já o do corpo, pode conter grânulos mais abrasivos. Deve aplicar o esfoliante com movimentos circulares e suaves nas regiões mais delicadas do corpo, como os ombros, a face, a barriga, o colo e as pernas. Já os cotovelos, joelhos e calcanhares devem ser massageados com mais intensidade. Evite esfoliar as zonas muito delicadas do corpo, como o decote, os peitos e o contorno de olhos.

Hidratar depois de esfoliar

Depois da esfoliação feita é importante aplicar um bom creme hidratante, já que a pele tratada vai absorver melhor os cremes. Não descuide este gesto e aplique-o com movimentos circulares de forma a facilitar a sua penetração. Se tiver a pele húmida o efeito é ainda melhor. O creme vai ajudar a proteger a sua pele do frio, chuva, pó e outros factores externos.

A esfoliação é um passo fundamental em qualquer rotina de beleza, a pele fica mais radiante e luminosa, razão pela qual existe uma enorme variedade esfoliantes de qualidade nos supermercados. Ou então pode recorrer a lojas especializadas ou a produtos de catálogo. Pode também optar por fazer esfoliantes caseiros para o rosto, caso queira economizar algum dinheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.