Dez dicas para uma menopausa saudável

A menopausa tende a ser um período complicado para a maioria das mulheres devido às inúmeras alterações que se verificam nesta fase da vida. No entanto, não tem necessariamente de ser um drama e, com algumas mudanças no estilo de vida, cada mulher pode viver uma menopausa saudável e com o mínimo de transtorno.

Durante esta fase da vida, muitas mulheres sofrem dos sintomas da menopausa por vezes desagradáveis, como afrontamentos, irritabilidade, osteoporose, incontinência urinária, distúrbios de ansiedade, suores noturnos ou diminuição da libido. Ao mesmo tempo, a alteração hormonal do corpo também acarreta o risco de ganho de peso. Mas faça frente a estes desafios de forma serena e tranquila! Deixamos-lhe aqui 10 dicas que a ajudarão a ultrapassar a menopausa de maneira saudável.

Dicas para uma menopausa saudável

 menopausa saudável

A primeira grande mudança hormonal na vida de uma mulher começa na puberdade, com o inicio do ciclo menstrual, seguido de um longo período de fertilidade e que termina por volta dos 50 anos de idade, onde outra mudança hormonal marca a vida de uma mulher – a produção de estrogénio diminui e começa a menopausa.

Para cada mulher, a menopausa é experimentada de diferentes formas. Enquanto algumas mulheres sofrem muito com os sintomas típicos desta fase da vida, outras não sentem nada ou então muito pouco. Mas a adopção de um estilo de vida saudável e uma dieta equilibrada, pode melhorar a sua qualidade de vida e até mesmo prevenir os sintomas da menopausa. Estas dicas práticas podem ajudar a tornar o seu dia-a-dia o mais agradável possível:

  1. Seja proativa: em vez de se limitar a deixar esta fase acontecer, informe-se, consulte o seu médico e tome as medidas necessárias para minimizar os efeitos negativos da menopausa.
  2. Siga uma alimentação saudável: evite o consumo de alimentos industrializados e opte uma dieta rica em verduras e gorduras saudáveis como salmão, abacate e azeite, que ajudam a manter o cabelo e a pele saudáveis. É igualmente importante consumir vegetais verde-escuros, como couve e brócolos, pois são ricos em cálcio.
  3. Pratique exercício físico: é frequente as mulheres ganharem algum peso nesta fase, devido às oscilações hormonais, daí a importância do exercício físico para se manter saudável e se sentir bem na sua pele. Para evitar a osteoporose, são aconselhados exercícios físicos de baixo impacto, como hidroginástica, natação, caminhadas e pilates, pois fortalecem a estrutura óssea, mas também a muscular.
  4. Mantenha o cérebro ativo: desafie o seu cérebro com exercícios de memória, sudoku palavras cruzadas e outros jogos de raciocínio. Estes pequenos exercícios ajudam a evitar as falhas de memórias que por vezes ocorrem durante a menopausa.
  5. Durma bem e descanse: se não tem hábitos de sono saudáveis, nesta fase é de extrema importância adotá-los. Dormir oito horas por dia, deitar-se e levanta-se sempre à mesma hora e abstrair-se dos problemas na hora de dormir para ter noites descansadas. Os bons hábitos combatem potenciais problemas de sono causados por quedas nos níveis de estrogénio, assim como falhas de memória e baixa líbido, problemas associados à menopausa.
  6. Trate a secura vaginal: aconselhe-se com o seu médico sobre a eventual utilização de um creme tópico de estrogénio para ajudar a tratar este problema. Uma atividade sexual saudável e regular ajuda a aumentar a líbido e é uma forma natural de aumentar a lubrificação.
  7. Aconselhe-se sobre a terapia de reposição hormonal: embora não seja recomendada para mulheres, ninguém melhor que o seu médico para a aconselhar.
  8. Faça os exames anuais recomendados, nomeadamente o controlo dos níveis de glicemia, colesterol, vitamina D e cálcio, assim como mamografias e exames pélvicos.
  9. Apanhe sol com moderação: passeios ou idas à praia nas primeiras horas da manhã ou ao final da tarde são muito benéficos nesta fase, pois aumentam a absorção de cálcio pelo organismo. Ainda assim, não se esqueça da proteção solar.
  10. Passe tempo de qualidade com os seus: passeie, passe tempo com a família, reveja amigos antigos. Divertir-se também faz parte dos cuidados a ter e vai com certeza ajudar nas oscilações de humor, bastante frequentes durante a menopausa.

Ajudas naturais para uma menopausa saudável

Existem alguns remédios naturais que podem ajudar a diminuir os sintomas da menopausa. A cimicifuga (cimicifuga racemosa ou back cohosh) é recomendado para ajudar com distúrbios do sono e alterações de humor. O trevo vermelho ou sálvia também ajudam a aliviar os afrontamentos. Uma chávena de chá de sálvia antes de ir para a cama pode evitar os suores noturnos.

A erva de São João é um remédio natural comprovado que ajuda na depressão. A soja, que contém hormonas vegetais, as isoflavonas, é similar às hormonas femininas e podem reduzir os efeitos desagradáveis da menopausa. No entanto, a soja deve ser tomada apenas nos níveis diários recomendados, pois tomar em excesso pode aumentar o risco de cancro de mama.

A maioria dos remédios à base de ervas leva pelo menos duas semanas até começar a fazer efeito e, nunca devem ser tomados em demasia. É importante não tomar suplementos naturais ao mesmo tempo e aconselhe-se com o seu médico ou farmacêutico, antes de decidir tomar estes remédios.

No geral, estas dicas vão ajudá-la a ter uma menopausa saudável e tudo será muito mais fácil, além disso, farão bem à sua saúde, já que o início da menopausa aumenta o risco de doenças cardiovasculares, aterosclerose e osteoporose. Sendo assim, tanto o exercício físico e uma dieta equilibrada, são especialmente importantes durante a menopausa não só para para reduzir o peso mas para o coração e ossos e promover o bem-estar em geral.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *