Como tomar um duche

Chegar a casa depois de um cansativo dia de trabalho e tomar um duche quentinho: haverá algo mais relaxante e reconfortante? Mesmo que o banho de imersão continue a ter muitos adeptos, o duche não deixa de ser uma ótima alternativa: além de se poupar água e ser por isso mais amigo do ambiente, poupa tempo e o efeito relaxante não fica assim tão aquém.

Tomar um duche é um ritual essencial de bem-estar, mas que deve ser feito com cuidados redobrados para que a higiene não seja excessiva, pois a utilização sabonetes e géis de banho podem ser agressivos para a pele. A temperatura da água não deve ser muito quente. Tudo o que deve saber se tem como hábito tomar um duche todos os dias.

tomar duche todos os dias

Como tomar um duche

Entre os rituais de cuidados do corpo, está como é óbvio a sua higiene, talvez seja o mais importante. Um banho debaixo do chuveiro é rápido e prático, mas com que regularidade devemos tomar um duche, deve ser feito todos os dias? Tomar duche todos os dias pode comprometer os mecanismos naturais de defesa da pele e não ser aconselhável por dois motivos, não só para quem tem a pele muito seca ou peles sensíveis, porque pode provocar secura, mas porque pode desequilibrar a nossa flora cutânea e isto diz repeito a todos os tipos de pele.

Com que frequência devemos tomar um duche

A flora da nossa pele está constituída por milhões de bactérias boas que nos protegem contra as bactérias prejudiciais que existe no meio ambiente. Este equilíbrio é necessário, mas se tomarmos duche todos os dias ou banhos em excesso, removemos estas bactérias boas e estamos mais sujeitos a infecções, porque a flora cutânea está mais desprotegida.

Se por um lado lavar-se é um gesto de higiene essencial, por outro lado pode prejudicar a nossa pele. A pele precisa de estas bactérias para ser saudável. A lavagem diária seca a pele, sobretudo devido à aplicação de produtos agressivos que arrastam a barreira lipídica e desequilibra a flora da pele, tornando a pele mais irritável e propensa a eczemas.

É preciso encontrar o meio termo e tomar os cuidados necessários. A maioria dos dermatologistas dizem que as pessoas de pele muito seca, o duche diário ou o banho completo não é necessário, devendo sim, lavar a cara, as axilas, os genitais e os pés nos dias em que não toma um duche.

Água morna

Idealmente a água do duche deve rondar os 37°, temperatura semelhante à do corpo. A maioria das pessoas toma banho com temperaturas superiores, mas essa prática pode ter efeitos adversos, como desidratação da pele ou mesmo aumento da sensação de cansaço, em vez de relaxar ou revigorar. Além disso, a água demasiado quente é prejudicial para o couro cabeludo.

Tomar um duche rápido de 5 minutos

A duração ideal de um duche é de apenas 5 minutos. Pode parecer pouco, mas é suficiente para todo o processo e garante que a pele não desidrata. Os duches muito prolongados fazem com que esta perca os seus óleos naturais, tornando-se mais seca e como explicamos mais acima pode prejudicar a sua barreira protetora.

Além disso, os duches rápidos são muito mais ecológicos, pois promovem um consumo responsável de água. Enquanto que um banho de imersão consome em média 200 litros, o duche apenas 80, mas se é demorado o consumo de água aumenta.

Champô e massagem

Aplique uma pequena quantidade de champô e distribua-o igualmente por toda a cabeleira. Algumas pessoas tendem a esquecer partes importantes, como a nuca ou os lados da cabeça. Faça uma pequena massagem de 30-60 segundos com as pontas dos dedos para lavar bem e ajudar a relaxar. Não use as unhas – são demasiado agressivas para a pele.

Sabonete com pH 5.5

Opte por um sabonete ou gel duche suave com pH semelhante ao da pele. Se até há alguns anos atrás existiam apenas sabonetes demasiado agressivo devido ao pH desajustado, hoje em dia pode encontrar inúmeras alternativas mais suaves, algumas com hidratante na sua composição. Se tomar um duche antes de dormir, aposte num sabonete ou gel de lavanda, que o ajudará a relaxar e dormir tranquilamente.

A esponja

Escolha uma esponja ou luva de banho suave e substitua-a com regularidade. Um sabonete pode ser partilhado, mas a esponja deve ser um item pessoal, pois acumula bactérias e fungos. Também por essa razão, certifique-se que a escorre bem após cada utilização de forma a que esta seque, evitando a propagação de bactérias.

Esfoliante corporal

Uma vez por semana aplique um esfoliante corporal para ajudar e eliminar as células mortas e manter a pele saudável. Tenha em atenção que a utilização de lâmina para depilação é agressiva para a pele, pelo que não deve aplicar esfoliante após passar a lâmina. Também não deve optar pela esfoliação se tem a pele seca e sensível.

Toalha suave

Para finalizar e tornar a experiência de tomar um duche ainda mais agradável, opte por um toalha macia e felpuda para absorver melhor a água. Não esfregue a pele nem o cabelo, seque-os com movimentos suaves. Mude a toalha a cada dois dias para evitar a propagação de bactérias.

Creme hidratante após o duche

Para resumir: tomar um duche todos os dias é uma boa prática para todas as pessoas, desde que o façam com cuidados extras, como utilizar produtos de limpeza suaves, não só as peles mais sensíveis, mas todas em geral, mas se tem a pele muito seca evite passar por todo o corpo, mas sim nas partes do corpo que concentram os odores e que portanto necessitam ser ensaboadas (genitais, axilas, pés…).

Depois de tomar o duche aplique creme hidratante logo após o duche. Especialmente no caso das peles mais secas e sensíveis, deve aplicar um bom creme hidratante imediatamente a seguir ao duche. Com a pele ainda humedecida, o hidratante vai penetrar melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *