Diga não aos refrigerantes

Para quem pretende perder peso e manter uma alimentação saudável é importante que saiba porque é que não deve beber refrigerantes. Os refrigerantes são um dos maiores inimigos da saúde e o seu consumo exagerado poderá ser uma das princiapis causas da obesidade.

Tanto em Portugal como em muitos outros países do mundo, o consumo de refrigerantes é um hábito presente nas refeições da maioria das pessoas. A oferta no mercado das bebidas é enorme, para além da publicidade, com a qual somos constantemente bombardeados, e que convence-nos a consumir um produto saboroso e refrescante mas os refrigerantes fazem mal à saúde.

não beber refrigerantes fazem mal à saude

Se o seu objectivo é seguir uma dieta saudável mas não resiste a acompanhar o almoço ou lanche com uma Coca-Cola, por exemplo, saiba o quanto estes tipos de bebidas açucaradas são prejudiciais para a saúde e comece a diminuir a ingestão de todo o tipo de refrigerantes ou exclua definitivamente da sua lista de compras.

Porque é que não deve beber refrigerantes?

Como todos nós sabemos, o refrigerante é confeccionado com açúcar, água gaseificada, extrato de sumo de laranja ou limão, cafeína e pelo menos sete aditivos químicos que podem ser lidos nos rótulos das embalagens. Todos esses ingredientes fazem mal à saúde quando consumidos todos os dias.

De acordo com os cientistas e profissionais da saúde, consumir refrigerantes pode causar obesidade, diabetes e problemas dentários. Para além de provocar flatulência, gastrite, enfraquece os ossos e principalmente confunde as hormonas do apetite durante o processo digestivo, ou seja, os refrigerantes provocam dilatação do estômago, dificultando a absorção dos nutrientes e dando aquela sensação de estarmos saciados quando na verdade não estamos. E a fome surge momentos depois.

Os refrigerantes fazem envelhecer

Mas se pensa que as bebidas açucaradas não lhe vão causar obesidade ou outra doença associada, saiba que não se vai livrar tão facilmente dos efeitos prejudiciais dos refrigerantes. Um estudo realizado pela Universidade da Califórnia em São Francisco revelou uma possível associação entre o consumo de açúcar e o envelhecimento celular.

Os telómeros protegem o nosso ADN, que é onde está toda a nossa informação genética, contra possíveis efeitos nocivos. No decorrer da vida, e com o avançar dos anos é normal que os telómeros fiquem cada vez mais curtos, no entanto se houver um consumo de refigerantes, o comprimento dos telómeros fica ainda mais reduzido e isto traduz-se no envelhecimento precoce que se reflete na pele envelhecida e nas doenças que aparecem.

Se o consumo de refrigerantes faz parte do seu dia-a-dia deve diminuir ou excluir da sua dieta tais bebidas e optar pelos sumos de frutas naturais, água, água mineral com sabores de frutas, água com gás ou outros líquidos ricos em vitaminas. Dessa forma, evitará vários problemas de saúde e doenças relacionadas à má nutrição.

Refrigerantes diet e light engordam!

Confuso com esta afirmação? É verdade, os refrigerantes denominados diet e light que prometem engordar menos são apenas ilusões e não ajudam a perder peso. Estas bebidas, embora não contenham açúcar também são prejudiciais, pois contêm edulcorantes, adoçantes artificiais como o aspartame e outros que podem causar problemas de saúde.

Além disso para manter o sabor que se perdeu com a diminuição do açúcar, são adicionadas grandes quantidades de sódio. Este ingrediente quando consumido excessivamente causa retenção de líquidos, comprometendo a nossa saúde, principalmente o funcionamento de órgãos como os rins que filtram o que bebemos.

Sejam refrigerantes normais, diet ou light, passe a comprá-los cada vez menos e apenas deve bebé-los um vez por outra, em certas ocasiões. Mas se deseja ter uma dieta saudável, não deve beber refrigerantes! Se quer beber, beba líquidos saudáveis como as águas aromatizadas, que pode fazer em casa, é uma boa maneira de desfrutar de uma bebida doce, mas super-saudável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *